A que campos nos envia a pintura de Rosemarie? A que paraísos, que busca do cumprimento de promessas, a que utopias remete? Estará a felicidade atrás das montanhas, ao longo dos caminhos? O que nos espera sobre as nuvens iluminadas? É lógico abandonar a segurança e o frescor do meu lugar para a aventura da paisagem? Ou ficarei à sombra, gozando dessa paz? Numa geografia expressa em linguagem que transita entre o neo-rococó e o neo-impressionismo, idílicas, efêmeras e remotas, nosso coração balança.
Inacio Carreira

A Artista

Minha foto
Jaraguá do Sul, SC, Brazil
“A Criação que nos cerca é a Suprema Obra de Arte, mas é com o Pincel e as cores que posso retratar o movimento, a cor da cor e o sentimento que só enxergamos com os olhos da alma.”

Criador x Criatura

Criador x Criatura
parte de um trabalho que mede 7,20 m de largura

Sobre a Artista e Curriculo







Nasci em 1947, no interior do Rio Grande do Sul. Resido em Jaraguá do Sul, Santa Catarina, desde 1975. Meu entusiasmo pela pintura tomou forma em 1996. Aos 49 anos, fiz curso de Atelier Livre para conhecer materiais e domínio de técnicas. Desde então tenho me dedicado à produção artística. Meu estilo é essencialmente figurativo. Minha formação é basicamente autodidata, apoiada em eventuais Workschops e oficinas onde busco aprimoramento, conhecimento e experimento. Minha inspiração é a Natureza. Cores, luzes, movimentos e sentimentos é o que procuro acrescentar ao tema que pinto. Venho participando de Salões e Exposições Individuais e Coletivas e tenho recebido Premiações. Em 2000, comecei a pintar Cenários Fotográficos, um trabalho personalizado e técnico que objetiva acrescentar sonho e magia às fotografias.
Conheça esse trabalho no link abaixo.



Tenho trabalhos ano acêrvo do SESC, Jaraguá do Sul SC; No Museu Emilio Silva, Jaraguá, Santa Catarina; Na Galeria de Arte da Fundação Cultural de Balneário Camboriu, SC; Galerias em Santa Catarina, Paraná e Estados Unidos.


Em acêrvos particulares, no Brasil, Estados Unidos e Canadá.

Rosemarie Borgmann Secco

Formação artística 
  • 1996      – Atelier Livre com Mármara Gonçalves, Jaraguá do Sul, SC;
  • 1997/98  – Atelier de Neo-Impressionismo com Arlete Schwedler, Jaraguá do Sul, SC      
  • 1999     – Workshop de Espatulado com Reinaldo Autuori, Curitiba, PR;
  • 2000   –Workshop de texturas, relevos e pigmentos orgânicos com Ligia Neves                 
  • 2002  –Workshop de técnicas contemporâneas com Linda Pool, Jaraguá do    Sul,SC;
  • 2004  – Pretexto Poético, com Meg Tomio e Fernando Lindotte. Jaraguá do Sul, SC;
  • 2005  –Oficinas Análise de Materiais e Análise de Obras de Arte, com Elani Paludo e Elton Silveira, na AJAP Jaraguá do Sul, SC;
  • 2006  – Encontro de Orientação com o Artista, com Fernando Lindotte, Jaraguá do Sul, SC.
  • 2008    - Curso de Aquarela com Palmira Villar (RJ) – FAAPSC/AJAP
  • 2010 -  Oficina  Pintura com Rubens Ostroen e Desenho e Cor com Regina Carmona no VI Festival de Artes Plásticas de Governador Celso Ramos, SC. 
  • 2010       -   Primeiro Festival de Artes Vusiais de Jaraguá do Sul SC, com Pintura ao Ar Livre   com Daiana Schwartz, video Arte com Tiotti, Livro do Artista com Márcia de    Sousa e Curadoria e Crítica de Arte com Elton Silveira. (27 a 30/10/2010



  • Premiações 
  • 1997 – Menção Honrosa no XII Salão Primaveril da Sociedade de Belas Artes Antonio Parreiras (SBAAP), Juiz de Fora, MG;
  • 1997 – Menção Honrosa no XII Salão Feminino da SBAAP, Juiz de Fora, MG;
  • 1998 – Medalha de Bronze no XIII Salão Primaveril da SBAAP, Juiz de Fora, MG;
  • 1998 – Menção Honrosa no 48o. Salão Oficial Municipal da SBAAP, Juiz de Fora, MG;
  • 1998 – Medalha de Bronze no XIII Salão Feminino da SBAAP, Juiz de Fora, MG;
  • 1999 – Medalha de Bronze no XIV Salão Feminino da SBAAP, Juiz de Fora, MG;
  • 2000 – Exposição Individual no Espaço Cultural do SESC, Jaraguá do Sul, SC;
  • 2000 – Exposição Individual no Espaço do Artista DICAVE, Jaraguá do Sul, SC;
  • 2000 -  Categoria Bronze no 50o. Salão Oficial Municipal  da SBAAP, Juiz de Fora MG
  • 2001 – Medalha de Bronze no XVI Salão Primaveril da SBAAP, Juiz de Fora, MG;
  • 2001 – Medalha de Prata no XVI Salão Feminino da SBAAP, Juiz de Fora, MG;
  • 2001 – 1º Lugar no Júri Popular no XVI Salão Feminino da SBAAP, Juiz de Fora, MG, com o trabalho “O vinho”;
  • 2002 – Medalha de Bronze no 52o. Salão Oficial Municipal da SBAAP, Juiz de Fora, MG;
  • 2002 – Medalha de Prata no XVII Salão Primaveril da SBAAP, Juiz de Fora, MG;.
  • 2002 – Medalha de Prata – XVII Salão Feminino, da SBAAP, Juiz de Fora, MG;
  • 2003 – Medalha Categoria Ouro – XVIII Salão Feminino, da SBAAP, Juiz de Fora, MG;
  • 2004 – Exposição Individual EXPRESSANDO SENTIMENTOS, na UNERJ, Jaraguá do Sul, SC.
  • 2004 -  Coletiva Anual da AJAP, “Jaraguá das Águas”, na SACR
  • 2,004 –  1a.Exposição Regional de Artes Plásticas de Timbó,SC,
  • 2005 – Exposição Coletiva Pretexto Poético, no Centro Cultural de Jaraguá do Sul – SCAR;
  • 2005 – Exposição Coletiva Pretexto Poético, na sede da Associação Jaraguaense de Artistas Plásticos – AJAP –, Jaraguá do Sul, SC;
  • 2005 – Exposição Coletiva NAS TRAMAS DA ARTE, na ..SCAR. Jaraguá do Sul, SC;
  • 2005 – 4º Lugar do Concurso PINTE A HISTÓRIA DE JARAGUÁ DO SUL, no Museu Emilio Silva.
  • 2005 – 1o.Troféu de Bronze no Salão de Pinturas e Artes “Alvacir Ribeiro de Souza”, Olímpia, SP;
  • 2005 – Coletiva Anual da AJAP – Arte Decorativa –, Galeria da AJAP, Jaraguá do Sul,  SC, com curadoria de Elton Silveira;
  • 2006 –PERSPECTIVA 2006 – como artista Convidada, com curadoria de Inacio Carreira;
  • 2007 – Exposição PRETEXTO CONTEMPORÂNEO, na Galeria da AJAP Jaraguá do Sul, SC;
  • 2007 –   3o. Lugar, no 1o. Encontro de Pintura, “Um olhar para Jaraguá”.Jaraguá do Sul, SC;
  • 2007 _ Coletiva anula da AJAP Aromas de nossa Terra”, na Galeria da AJAP
  • 2008 – Exposição PRETEXTO PINTURA com Fernando Lindote e Letícia Cardoso, na Galeria da AJAP.
  • 2008 – Exposição Itinerante “Uma História que não pode ser Apagada”, projeto Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul.
  • 2008 – Coletiva Anual da AJAP “Nossa Gente”, Biblioteca da UNERJ e Museu Emílio Silva.
  • 2008 _Exposição ‘AJAP” e convidados, Centro Hisstórico de Jaraguá do Sul. 
  • 2010 - Primeiro Lugar, concurso Pintando na Praça, 19/09/2010.
  • 2011 - Selecionada para Exposição Individual na Galeria de Arte da Fundação   Cultural de Balneário Camboriú, SC. A Exposição ..."em tempo de outono" ocorreu de 06 a 26 de maio de 2011.
  • 2011    Exposição individual "em tempo de outono" no Shopping Mueller de Joinville, SC de 09 a 22 de junho de 2011.
  • 2011    Exposição Individual "em tempo de outono" na Universidade Catílica de SC em Jaraguá do Sul SC, nos dias 29 de junho à 16 de julho de 2011.
  • 2011   Exposição Individual "em tempo de outono"na FURB de Blumenau, SC de 20 de setembro à 01 de outubro de 2011.
  • 2011   Exposição coletiva da AJAP em Rio Negrinho SC, de 16 de setembro à 01 de outubro de 2011.
  • 2012   Exposição Coletiva de Artes Visuais de Jaraguá do Sul, 2012 na SCAR
  • 2012   Exposição Retratos de Jaraguá, 23/11/2012, contemplada com premiação
  • 2011/2012  Selecionada para expor na Angel Gallery, em Coeur D'Alene, ID Usa
  • 2013  Selecionada para expor na  Avenue West Gallery, em Spokane, WA USA.
  • 2013  Participa como Hors Concours no evento de pintura "Domingo no Parque.

A artista por ela mesma

Minha Personalidade
Calma, sensível, firme e leal aos meus valores. Estabeleço meus objetivos e os busco com entusiasmo. Desde pequena, a natureza, com suas cores, luz e formas, e também temperatura e som, me fascinam. O silêncio fala, a contemplação me preenche, a mente divaga. Durmo pouco e sonho muito. Me inspiro à noite. Observo muito, só consigo pintar se estou bem, porque meus trabalhos captam meus sentimentos...  e percebo  que os observadores os captam... então tenho como meta, só passar sentimento bom!!
Minha fonte de inspiração é a natureza, onde busco as idéias, as formas, as cores, a atmosfera e o ruído...  muitas vezes tenho diante de mim o mais lindo quadro, emoldurado por uma janela ou pelos galhos...  
Não existe luz mais perfeita que a do sol... muitas vezes fugaz, efêmera....
Mas,  ela fica na minha mente... e eu procuro reproduzir com o pincel!
Sou sonhadora do BEM!


O que acredito
Acima de tudo num Deus Criador, com propósito bem definido.
Creio que esta magnífica Terra foi criada para ser o lar do homem e, o homem, para usufruir a vida e cuidar de seu lar. 
Infelizmente o homem não tem entendido sua missão.
Creio que, tanto o homem como a Terra têm o potencial de se recuperar, e que isso está nos Propósitos Divinos.
Se a criatura coopera com o CRIADOR tudo fica deliciosamente belo!
Se a criatura se opõe ao CRIADOR é a ruína!
Que bom que podemos escolher!

Sobre meu trabalho
Tenho pensado muito no sentido do meu trabalho, especialmente depois do acompanhamento dos curadores, nos últimos anos. Tentei abordar outros estilos, mais contemporâneos, mas me sinto melhor fazendo o que vem de dentro de mim mesma, da minha essência  e que parece inesgotável.
Sempre que me proponho uma obra, eu nunca sei antecipadamente o resultado. Durante o trabalho parece que as mãos fazem a transformação e o que aparece vem de dentro do meu ser. São cores, luzes, volumes, lugares, às vezes brilhantes, às vezes suaves. É uma coisa de memória do inconsciente.
Por mais que eu tente desenvolver algo mais agressivo, forte, contestador, as imagens do belo são mais fortes.

O que quero com minha pintura
Quero me comunicar com o mundo por intermédio da arte. É como se a pintura fosse uma janela, através da qual eu vejo o mundo e o mundo pode me ver e me sentir.
As emoções e as sensações que sinto, ao ver uma cena que decido pintar, ou quando me absorvo em cores formas, luzes e sombras, eu transfiro para a tela.
Dentro desse princípio, usando minha interpretação daquilo que quero realmente ver e sublinhar. Faço disso o ponto de partida e, em seguida, acontece naturalmente a definição, abstração e a recriação daquilo que está mais forte em minha mente.

A Arte expressa sentimentos sempre foi meu slogan, e a mão sabe a cor da cor…
Meu objetivo é que o espectador sinta a pintura, que ele possa viajar nela e que despertem seus melhores sentimentos.

Rosemarie Borgmann Secco
Jaraguá do Sul, Julho 2014.

  












    Nos campos do Senhor

    A suavidade das iluminuras, o brilho do impressionismo, a perspectiva renascentista, o ideal estético da arte grega, a busca colorística do barroco: tudo isto, no cadinho de Rosemarie Borgmann, temperado com inquebrantável crença no Criador e na beleza e bondade de sua maior criação, o Ser Humano, fazem única a sua arte. Competente desde os bancos da escola quer no desenho, quer nos trabalhos manuais, teve a paciência de Jó e a fé de Sara ao projetar a carreira construída passo a passo, pincelada a pincelada. Sem esquecer o trabalho (sempre muito), a família (que se fez numerosa), a sua crença e as amizades, sempre presentes.
    Olhar para a frente sem esquecer o passado. Louvar as raízes e aspirar à copa das árvores. Enfrentar aguaceiros e pensar no bem que farão às lavouras. Acender luzes na lua nova e pensar na beleza da lua cheia, clareando caminhos e iluminando sonhos.
    A trajetória de Rosemarie Borgmann é tudo isto, e muito mais. Desde pensar que não sabia desenhar, quando fez a alegria de muita gente com seus trabalhos, a partir do ginásio, até utilizar seus conhecimentos de cores e tricôs artesanais para trabalhar com sucesso seus Jacquards industriais.
    Aliás, sucesso é uma constante em sua vida, que foi acontecendo devagar, sem ganância e com altruísmo, força de vontade, maturidade.
    Fala mansa e muita ação, apesar da tranquilidade com que leva a vida, Rosemarie Borgmann faz de sua aparente timidez uma muralha onde se protege das dúvidas e, aos poucos, mas sempre, avança, na arte e na vida.
    Consciente de sua negação à arte contemporânea, faz dessa aparente fraqueza sua força pelo conjunto de sua obra, pelo profissionalismo com que analisa, estuda, planeja e executa cada um de seus trabalhos, seja em tela, para levar beleza aos diferentes ambientes que o ser humano constrói e abiscoitar prêmios em salões de arte, seja em tecido para cenários personalizados de fotografias.
    Arte decorativa e arte utilitária, em princípio. Pelos princípios com que é regida, simplesmente Arte. Que Rosemarie Borgmann transforma em uma complexidade de cores, formas, luzes, sombras, primeiros planos e fundos de planícies – campos de tulipa ou tapetes de trigo - onde desejamos ver nossos pensamentos caminhando, voando, sendo...

    Inacio Carreira, maio de 2010.



    Com a beleza estética de suas pinceladas, em tons suaves e impressionista, Rosemarie Borgmann confronta, propõe caminhos e desafia o expectador-participados , a entrar no seu trabalho, ou apenas observar de fora.

    Rosemarie cria uma ponte de ligação entre o exterior e o interior da obra.
    Um mundo belo e as possíveis variações deste mundo, também presente nas janelas e portas de outros trabalhos que se abrem para uma natureza muito bela, retratada por uma perspectiva peculiar e confortável, vista do interior.


    Uma ironia reforçando que a beleza do mundo esta presente em qualquer migalha do mundo, e que muitas vezes não pode ser vista apenas com a ótica da visão, pois a beleza que vem de fora para dentro, só pode ser sentida na sua plenitude de dentro para fora.



    Chan

    julho de 2007